Ser estrangeiro

A inspiração dessa prosa me veio numa noite no Brasil (RS) na cidade de Pelotas. 

Um dia Cansado de estudar e com muitas saudades da minha terra, decidi sair pra dar uma volta e soltar um pouco de estresse... Entrei num Bar e pedi uma bebida, logo de seguida veio um cidadão embriagados tentando interagir comigo, me fazendo algumas perguntas que muitas das vezes respondi pra as pessoas que queria sobre mim, meu país, continente despertando a curiosidade sobre o que a mídia passa sobre a Áfricavoltei para casa epeguei numa caneta escrevi assim:

Ser estrangeiro...
Ser estrangeiro, não é só estar longe da sua terra ou família
Mas sim é, ser diferente no meio de iguais.
Porque me acha diferente enquanto vos acho iguais?
Porque me sinto saudades 36.125 km2 de terra com apenas um milhão e meio de pessoas
Sem pensar que mundo vive mais de dez mil milhões de pessoas?
Ser estrangeiro não é, mas que ter que apresentar o seu país
E  responder a pergunta pra pessoas que te acha diferente.
Você me acha diferente, mas sou igual Com os meus objetivos
Que me ajuda a responder as perguntas preconceituosas
Sobre minha terra, continentes e pele.
Eu digo isso, porque sou estrangeiro na terra di djinti...


Júlio Cá


Ser estrangeiro Ser estrangeiro Reviewed by Júlio Bissau-Nando on 22:59 Rating: 5

Romário Bispo