IV Seminário da Consciência Negra de Pelotas (SECONEP)


OFICINA CONSTRUINDO CONHECIMENTO E FAZENDO ARTE 
“UM SORRISO LINDO” 

Foi tema do projeto desenvolvido para participar no IV Seminário da Consciência Negra de Pelotas (SECONEP) coordenado pela professora Rosemar Gomes Lemos.

Foram oficinas sobre cuidados com a higiene oral e a saúde Bucal
Palestra sobre a arte e cultura da Guiné-Bissau.

Os objetivos Gerais foram de ensinar os princípios de uma correta escovação e o uso de fio dental mediante a utilização de macro-molde dos arcos dentais com propósito de que elas possam aprofundar os conhecimentos a respeito do auto cuidado com saúde bucal. Realçamos também a importância da saúde bucal nas relações profissionais, no mercado de trabalho e na auto-estima.
De uma forma mais específico, tentamos articular discussões sobre a odontologia preventiva e sanitária, oportunizando a discussão entre os alunos 
sobre a importância de auto cuidado da saúde bucal.

Desenvolvemos atividade e métodos educativos para a prevenção da carie dental e a doença periodontal.







A oficina foi organizada nas etapas apresentadas a seguir:
Apresentação dos oficineiros: Júlio Cá, acadêmico 4º semestre do curso da odontologia; Edvin Walter Brito Gomes, 2º semestre do curso da Odontologia; Rubens Barbosa Leal, 2º semestre do curso de Geoprocessamento;

Conversamos com os alunos sobre a Semana da Consciência Negra, sobre quem foi Zumbi dos Palmares e o seu significado para os afrodescendentes brasileiros;

Falamos sobre o papel desempenhado pela educação para que tenhamos          conhecimento dos nossos direitos e a possibilidade de buscá-los quando estamos melhor posicionados socialmente e situados nas diversas profissões existentes na sociedade;

Explicamos que a Universidade tem como uma de suas finalidades utilizar o conhecimento nela construído a serviço da comunidade e é isto que o grupo está fazendo na escola;

Falamos da importância dos bons dentes na digestão, fisionomia e nas relações profissionais no mercado de trabalho assim como, as conseqüências da falta dos mesmos e repercussões econômicas e auto-estima;

Ensinamos os princípios de uma correta escovação e o uso de fio dental mediante utilização de macro-molde dos arcos dentais para demonstração;

Dividimos as crianças em grupos onde cada grupo foi composto de apresentadores e supervisores. Os apresentadores apresentaram as técnicas e os supervisores anotaram as falhas constatadas. Tal procedimento teve por objetivo promover um debate entre os membros do grupo na apresentação final facilitando a avaliação dos resultados no momento em que a oficina chegou ao seu fim;

Por último os supervisores apresentaram as falhas com isso oportunizando debate e análise da oficina. 

A realização desta oficina justificou-se nas atividades preventivo-promocionais com possibilidades de obter resultados realmente efetivos no que se refere à diminuição das necessidades curativa na população.

Realiza-la serviu de oportunidade para oferecer aos escolares informações e as técnicas capazes de conciencializá-los á cerca da precisão e a importância do auto cuidado, conjugando as com as atividades preventivas.

A avaliação foi realizada através de debate entre os apresentadores e supervisores no decorrer das atividades que estiverem sendo desenvolvidas.

Os objetivos foram considerados alcançados porque o debate entre o grupo dos alunos apresentadores e os supervisores foi produtivo no que concerne as perguntas e  respostas onde, verificamos a correta demonstração das técnicas apresentadas.



Foi uma experiencia inesquecível puder compartilhar o conhecimento com essas maravilhosas crianças e receber o retorno dos afetos incondicional delas.

IV Seminário da Consciência Negra de Pelotas (SECONEP) IV Seminário da Consciência Negra de Pelotas (SECONEP) Reviewed by Júlio Bissau-Nando on 22:39 Rating: 5

Romário Bispo